O Descenso do Espírito

PRÓLOGO

O Descenso do Espírito


    “Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes se escoassem de diante da tua face,
   Como o fogo abrasador de fundição, fogo que faz ferver as águas, para fazeres notório o teu nome aos teus adversários, e assim as nações tremessem da tua presença!
   Quando fazias coisas terríveis, que nunca esperávamos, descias, e os montes se escoavam diante da tua face.
   Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera.
   Saíste ao encontro daquele que se alegrava e praticava justiça e dos que se lembram de ti nos teus caminhos...”
- Isaías, 64

    No ano de 2004, após uma intensa experiência mística, depois de me deparar nas regiões internas da natureza com tal Mistério, dediquei-me à tarefa de buscar no mundo entendimento e palavras para explicar o que em Espírito havia encontrado.

   Comumente os mistérios são ascendentes, encontramos suas formas e buscamos seus princípios, este é o caminho do Homem que busca encarnar a Divindade, integrar-se com ela.

   No entanto, este processo foi o absoluto inverso, pois encontrei tal Mistério, seu Símbolo e seu Nome, visitando sua mística região, e então no mundo fui buscar suas formas, seu rastro, suas sombras, seus desdobramentos.

   O comum, o natural, é que o Homem encontre o ensinamento e então trace um caminho até encarnar o Mistério, e não que se depare com o Mistério e então busque ou crie, seu ensinamento.

   Claro que na história do mundo sempre houve Revelações Divinas de diferentes magnitudes nas mais diferentes épocas.

   Muitos Mistérios chegaram até certos personagens por meio de processos similares, e por meio deles muitas vezes entregues à Humanidade.

   Para que o Homem possa ascender, o Espírito Divino necessita antes de tudo descender e deixar no mundo seu rastro, sua trilha, seu mistério.

   A história que aqui vamos contar, é, em princípio, a história do Espírito, não do Homem, é o encarne e a manifestação de um Mistério e de sua busca por expressar-se.

   As Religiões são sempre o resultado da busca, antes de mais nada, da Divindade pelo Homem, cujo resultado final é a busca do Homem pela Divindade.

   Se o Cristo Jesus não tivesse vindo ao mundo como Divindade manifesta e encarnada, o Cristianismo não poderia existir. Da mesma forma as demais religiões autênticas sempre tiveram um Mensageiro, um Avatara de uma Doutrina e de um Mistério.

   Nem sempre os Mistérios vêm para fundar uma Nova Religião, mas, por vezes, para destruir antigas religiões já deformadas, perdidas. Também, para reforçar ou corrigir preceitos já adulterados, esquecidos ou ignorados de Religiões que perderam seu fundamento, seu sentido mais íntimo.

   O que aqui trazemos para apresentar nesta Obra é o resultado desta Experiência Mística e dos esforços por entender e por explicar tal Mistério com palavras.

   No dia 22 de Junho de 2005 foram feitos os primeiros esboços e arquivos do que seria a página na Internet que haveria de abrigar tal Mistério.

   Na época, apesar de passado quase um ano desta experiência mística, ainda não havia muito material para o site sobre este Mistério, então foram inseridos principalmente textos de própria autoria sobre assuntos esotéricos, algumas imagens esotéricas de famosos pintores, dentre outras coisas.

   Na data de 1 de Julho de 2005 o Domínio CLXV.org foi registrado e foram enviados os primeiros arquivos que deram a primeira forma que teve esta página na Internet.

   Após isto, ao longo de todos estes anos, muitas coisas foram adicionadas e removidas, também alteradas no Site.

   Sempre houve muitos estudos ao longo destes anos acerca do Mistério em questão, e atualmente nos cabe a tarefa de organizar tudo aquilo que foi descoberto e compartilhar de maneira ordenada e precisa.

   Na época em que foi desenvolvido este Projeto, sempre afirmei que seria um Livro, que seria escrito aos poucos, algo que serviria para abrigar dito Mistério e o que mais fosse pertinente ou derivado deste.

   Então que é chegado o momento de refinar o que tem de ser refinado e purificar o que tem de ser purificado, também expurgar o que tem de ser expurgado. Enfim chega o momento de apresentar uma Obra resultante destes Quinze anos desde que este Mistério revelou-se (2004 - 2019).

   Esta Obra que aqui nos dispomos a compartilhar é o que de mais Divino e mais puro pudemos encontrar em nossa Jornada do Céu a Terra e da Terra ao Céu.

   Ainda que necessite o leitor ter de por si mesmo penetrar em tais segredos, entregamos a verdadeira Chave dos Mistérios, o realmente absoluto Primeiro e Grande Arcano de toda a Criação, a Poderosa Chave que abarca a Vida e a Morte, o Céu e o Inferno, mesmo o que está acima, abaixo e no meio disto.

   Nada escapa da Glória e da Majestade deste Mistério, pois é o Mistério pelo qual todas as coisas são Criadas, Sustentadas e mesmo Destruídas.

   Aquele que atinja o pleno domínio de tal Mistério, conhecerá todos os Mistérios, pois é de onde emanam.

   Nos damos aqui a tarefa de apresentar e de explicar o Primeiro Mistério que é o Último Mistério de toda a Criação, e do que está mais além dela.

   O que aqui trazemos não são apenas palavras, mas o Nome e o Signo do Espírito Vivo em seu pleno mistério, em seu movimento eterno e sem limites.